Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for Dezembro, 2014

Senhora da Conceição

O CULTO DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO NA MADEIRA

No início do povoamento do arquipélago madeirense, estabeleceram-se três capitanias: Machico, Porto Santo e Funchal. Na sede de cada uma delas, foi instituída uma igreja paroquial, com obediência à Ordem de Cristo, porquanto o espiritual destas ilhas pertencia aos freires de Tomar, por doação do rei D. Duarte, em 1433.

Todas essas primeiras igrejas foram consagradas a Maria. A Igreja de Machico foi dedicada a Nossa Senhora da Conceição. A tradição regista que o rei D. Manuel doou a este templo uma escultura da Virgem, de Escola Flamenga, que actualmente se encontra no Museu de Arte Sacra do Funchal.

Nossa Senhora da Conceição. Escola Flamenga. Inícios do século XVI. Escultura em madeira estofada, policromada e dourada. Museu de Arte Sacra do Funchal.

Nossa Senhora da Conceição. Escola Flamenga. Inícios do século XVI. Escultura em madeira estofada, policromada e dourada. Museu de Arte Sacra do Funchal.

Nos finais do século XV, o orago do Porto Santo era Santa Maria da Conceição, como então se dizia.

No Funchal, Zarco mandou construir a ermida de Santa Maria de Cima (assim designada por confronto com a localização da Igreja de Santa Maria do Calhau) ou da Conceição de Cima (já com esta invocação em 1450), junto da sua moradia das Cruzes, onde hoje está a Capela do Convento de Santa Clara. Este convento foi fundado em 1476 pelo segundo capitão do Funchal, João Gonçalves da Câmara, e a sua igreja manteve a invocação da Conceição.

Com a invocação da Senhora da Conceição no século XVI temos ainda uma capela em Câmara de Lobos, onde posteriormente se fez um altar dedicado a São Pedro Gonçalves Telmo, o Corpo Santo, com a respectiva confraria, e a igreja paroquial do Porto do Moniz, criada nessa centúria.

Como se pode verificar, muito antes da instituição do dogma da Imaculada Conceição pelo papa Pio IX em 1854, a Senhora da Conceição, na tradição da Igreja Católica, oficialmente adoptada na segunda metade do século XV, era festejada em Portugal e, em particular, no arquipélago da Madeira.

Anúncios

Read Full Post »